Estepilha: “Avô, o Corona não me deixa entrar no comboio…”

Rui Marote

Não resistimos a fotografar o comboio que ornamenta os festejos natalícios no Jardim Municipal. Principalmente porque, nesta fase difícil, as coisas tornam-se ao mesmo tempo tristes e irónicas.  As casinhas e o tradicional comboio da criançada têm as janelas e portas bloqueadas com tábuas de madeira, impedindo que os mais pequenos possam entrar. É totalmente o“fruto proibido” que impede aos jovens passageiros deliciar-se em percorrer as carruagens.

Quem foi o “diabo” que colocou esta tentação?

Enquanto observávamos, uma criança com cerca de três anos exclamava ao avô! “Estás a ver? O Corona não nos deixa entrar…” lamentava ele…

Nas creches estão todos juntos… e sem máscaras. À saída das escolas são aos montões. Claro que se compreendem as medidas de segurança numa época tão difícil, mas sinceramente não sabemos em que ficamos…