PSD também mostra pesar pela morte da juíza Laura Tavares da Silva

O Grupo Parlamentar do PSD apresentou um voto de pesar pelo falecimento de Laura Maria de Jesus Tavares da Silva, Juíza Conselheira da Secção Regional da Madeira do Tribunal de Contas, endereçando aos seus familiares e amigos sinceras condolências e enaltecendo a forma rigorosa e competente como, sem esquecer os princípios da causa pública, desempenhou a sua missão na nossa Região, reza um comunicado de imprensa. 

Laura Tavares da Silva, de 64 anos, exercia as suas actuais funções, na Região, desde Maio de 2014.

Licenciada em Direito, pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, foi delegada do Procurador da República em comarcas do Algarve e Procuradora-Geral Adjunta no Tribunal Central Administrativo Sul.

Nos Açores, foi Procuradora da República Coordenadora, no Círculo Judicial de Ponta Delgada, Procuradora-Geral, Adjunta na Secção Regional dos Açores do Tribunal de Contas, e, em acumulação, Auditora Jurídica do Representante da República para aquela região autónoma.

“A Juíza Conselheira Laura Tavares da Silva era vista como uma Magistrada competente, empenhada e rigorosa, sendo de sublinhar e enaltecer a forma relevante como desempenhou as suas funções na Região Autónoma da Madeira”, conclui o partido.