CDS apresenta propostas para o Orçamento e Plano de Câmara de Lobos

O CDS reuniu hoje com o presidente da Câmara Municipal de Câmara de Lobos, com o fito de apresentar os contributos do partido para o Orçamento e Plano de Investimentos municipais para 2021. “Dentro das nossas sugestões e, tendo em conta os números alarmantes do aumento do desemprego no concelho, provocado pela pandemia e consequente quebra da economia, sugerimos que haja, para o próximo ano, um reforço das verbas para a vertente social”, declarou o deputado municipal Maurício Rodrigues. Na reunião estiveram ainda o deputado municipal Rúben Fernandes e o vereador Amílcar Figueira.

Num concelho que, estatisticamente, tem o terceiro pior poder de compra na Região, cremos que esta é a altura certa para criar e implementar medidas de apoio às famílias”, declarou.

“Em primeiro lugar há que ajudar as pessoas, mas não podemos esquecer as empresas, criando um pacote de incentivos ao comércio, privilegiando e premiando aqueles que cumprem com as regras do confinamento, decretadas pelo IASaúde, por forma a criar em Câmara de Lobos um clima de segurança para os locais e visitantes”, postulou.

Para o CDS, é justo que a autarquia ajude quem, até agora, sempre contribuiu com os seus impostos para o orçamento municipal. O partido entende que hoje, mais do que nunca, cabe à autarquia unir esforços com o que está a ser feito pelo Governo Regional e ajudar as pessoas e empresas que ficaram privadas de rendimentos.

O CDS sugere ainda que o programa de apoios e isenções municipais às empresas e agentes culturais, que termina em Dezembro, seja prolongado até ao fim da pandemia.