IFCN satisfeito pelo facto de documentário que apoiou ter sido premiado

A serie de documentários “Mar, a última fronteira”, do fotógrafo de vida selvagem Nuno Sá, foi distinguida como o melhor filme na categoria de Turismo de Mar e Praia no Festival de Cinema Finisterra Film Art & Tourism Festival, revela uma informação enviada à comunicação social. A nível nacional, esta série foi ainda reconhecida com dois prémios nacionais de cinema, tendo arrecadado o 1.° lugar na categoria de Natureza e Vida Selvagem do ART & TUR International Tourism Film Festival.

Desde a estreia da série no canal RTP1 em Novembro de 2019 (em que a estreia do 1.º episódio da série contou com mais de 700 000 telespectadores) a série “Mar, a última fronteira” levou a vida marinha de Portugal, com 2 episódios sobre a Madeira e Selvagens, cada vez mais longe passando pelos canais RTP1, RTP 3, RTP Açores e RTP Madeira, enaltece o Governo Regional.

Na Região, Nuno Sá contou com a parceria das entidades governamentais locais, através do IFCN. e o próprio reconhece que “este projeto foi um monumental desafio que nunca teria sido possível sem o apoio do IFCN-Madeira, que nos permitiu tornar esta serie uma realidade e pelo qual estamos muito agradecidos”.

Os documentários sobre a Madeira deram a conhecer algumas das Áreas Marinhas Protegidas mais icónicas do País, como as Desertas, as Selvagens e os Ilhéus do Porto Santo. Nesta última foram efectuados mergulhos nos navios afundados “Madeirense” e na Corveta “Pereira d’Eça”, locais de interesse para os mergulhadores que Nuno Sá classificou como dos melhores de Portugal.”