Jorge Carvalho elogia Centro de Química na Madeira na abertura do 7º Encontro Anual

O secretário regional da Educação, Jorge Carvalho, considerou que “a capacidade de trabalho demonstrada pelo Centro de Química da Madeira revela a qualidade dos seus investigadores”, na abertura do 7.º Encontro Anual do CQM, que se realizou hoje, no auditório do Colégio dos Jesuítas.

Segundo o governante, o trabalho desenvolvido nos últimos anos projectou a Região e a Universidade da Madeira em ambientes nacionais e internacionais, “refletiu-se nas diferentes estruturas e centros de investigação e permitiu à RAM deixar o último lugar em termos de investimento em inovação e investigação do ranking nacional”.

“A Região tem vindo a fazer uma aposta muito significativa nas áreas da investigação e da inovação e a prova dessa aposta mede-se pelo investimento alocado a esta área nos últimos cinco anos, que da Agência Regional para o Desenvolvimento da Investigação, Tecnologia e Inovação (ARDITI) rondou os 13 milhões de euros, com um investimento direto do Governo Regional à volta de 3,5 milhões de euros”, salientou Jorge Carvalho.

“Temos vindo a procurar criar condições de apoio para os projetos desenvolvidos pelos diferentes centros, acreditando que devemos olhar um pouco mais além e que as alterações que temos vindo a produzir, em termos das estruturas que apoiam e definem as estratégias para a investigação, irão dar frutos no futuro, por forma a darmos respostas mais incisivas, que vão ao encontro das preocupações já manifestadas”, perspectivou Jorge Carvalho, confiante de que a estratégia continuará a produzir bons resultados.

“Estamos certos que conseguiremos atrair e fixar os mais capazes e os mais competentes. É nisso que estamos empenhados e é para isso que vamos trabalhar com todas as estruturas regionais, até porque será por aí que melhoraremos a nossa capacidade de decisão, porque decide melhor quem mais e melhor conhecimento tem”, concluiu o secretário regional.

O 7.º Encontro Anual do Centro de Química da Madeira prolonga-se até amanhã e contará com intervenções de diversos investigadores nacionais e estrangeiros. Toda a informação está disponível em https://cqm.uma.pt/.