JPP enaltece trabalho do Município de Santa Cruz na área educativa

O JPP esteve hoje numa acção política junto à escola EB1/PE da Assomada, no Caniço, enfatizando o investimento realizado pela autarquia de Santa Cruz na área da educação, nos últimos sete anos.

Paulo Alves, porta-voz da iniciativa, recorda que o investimento, em termos de valores absolutos, desde 2013 até ao presente, ascende os 4 milhões de euros, “um valor nunca antes investido no concelho de Santa Cruz e que mostra a preocupação do executivo, liderado por Filipe Sousa do JPP, relativamente ao futuro. “Uma aposta clara nos jovens e nas suas famílias principalmente nesta altura de combate à pandemia, em que há muitas famílias em situação de lay-off e desemprego.”

O deputado e presidente da junta de freguesia de Santa Cruz, Paulo Alves, realçou os diversos apoios criados na área, “desde a implementação de bolsas de estudo, uma medida inédita no concelho de Santa Cruz, num valor global de cerca de 2.463.500 mil euros e que contempla cerca de 1357 bolseiros, o apoio às famílias na aquisição dos manuais escolares do 1º ciclo e 2º ciclo, a aquisição de quadros interactivos e mais recentemente, a entrega de tablets. A gestão e manutenção de escolas não foi descurada, tendo sido alocado um valor de cerca de 50 mil euros”, salientou.

“Recorde-se que o valor destinado pela autarquia à área da educação era, em 2014, de 164 mil euros, em 2020 já está na ordem dos 957 mil euros, em percentagem, houve um investimento na ordem dos 500%. É esta a vertente social que caracteriza o JPP, é aquilo que nos faz estar neste projecto, sempre a pensar no bem da população”, exultou.

Por outro lado, o JPP voltou a lamentar a decisão do Governo Regional em avançar com a fusão de escolas, que levaram à redução de espaços e obrigaram as famílias a recorrer ao privado por falta de vagas no público, uma situação que contraria, claramente, a lógica da actual situação de pandemia, onde se pretende menos alunos por turma, mas mais espaços para garantir a colocação de todos.