Câmara da Calheta aprova 2500 euros mensais para a Quinta Pedagógica dos Prazeres

A Câmara Municipal da Calheta aprovou hoje um apoio mensal de 2.500 euros à Quinta Pedagógica dos Prazeres. Uma medida aprovada por unanimidade em reunião de Câmara, e que visa fazer face ao normal funcionamento deste espaço e assegurar a sua abertura ao público todos os dias da semana.

Esta decisão partiu também da necessidade de valorizar o trabalho efectuado pela Quinta Pedagógica ao longo dos anos, não só socialmente, mas sobretudo no escoamento de produtos agrícolas e na sua transformação em derivados de excelência, muitos dos quais já premiados internacionalmente como as compotas, os licores, as sidras, entre outros, refere uma nota.

A edilidade calhetense pretende, desta forma, “reconhecer todo o empenho e dedicação a este projecto, que se tem revelado tão importante para a promoção da freguesia dos Prazeres e do próprio concelho da Calheta”.