Carlos Pereira defende celeridade e cobertura do Banco do Fomento na RAM

O deputado do PS-Madeira à Assembleia da República, Carlos Pereira, congratulou-se com o facto de a Comissão Europeia ter autorizado Portugal a avançar com o Banco do Fomento, iniciativa que visará promover a economia portuguesa e cujo capital irá suprir falhas no mercado de financiamento a empresas e projectos inovadores.

O parlamentar socialista considera que cabe agora ao Governo acelerar a sua implementação e salvaguardar a cobertura territorial, apontando a importância de abranger a Região Autónoma da Madeira. “Sem essa cobertura, seja nas Regiões Autónomas, seja no interior do país, o alcance deste importante instrumento está comprometido»”, considerou.

O deputado do PS realçou, por outro lado, que finalmente há um Governo que “compreende que a aplicação de políticas públicas com meios públicos através da rede privada de bancos é um erro estratégico óbvio”, até porque “a crise sanitária demonstrou isso de forma clara”.