PS-M acusa Teófilo de chegar atrasado no apoio aos pescadores

A deputada do PS-Madeira Sílvia Silva emitiu uma nota onde defende que a medida do Governo Regional, no sentido do apoio aos pescadores, através de um pacote de apoios que visa ajudar estes profissionais a superar os constrangimentos provocados pelo COVID-19, ”apresenta-se com muitos anos de atraso em relação aos Açores e Continente, onde já está salvaguardad este apoio em períodos de maior dificuldade no sector”.
Diz a deputada que ”aquilo que o secretário não disse é que já existe um fundo salarial para os profissionais da pesca do território continental (FCSPP) e Açores (FUNDOPESCA), nomeadamente para armadores, pescadores e apanhadores, inscritos, titulares de cédula marítima válida, que prevê uma compensação quando se verifique uma interdição de pesca, nomeadamente por motivos de saúde pública, como é o caso, e que este fundo só não existe ainda para os profissionais da pesca da Região Autónoma da Madeira, porque o Governo Regional tem sistematicamente recusado a sua adaptação à Região, embora a proposta já tenha sido levado à Assembleia Legislativa Regional, através de uma proposta do Grupo Parlamentar do PS-Madeira em sede de alteração do orçamento para 2020”.