Filipe Sousa manda mensagem de esperança para emigrantes e estudantes fora da Região

“Sendo Santa Cruz um concelho profundamente marcado pela emigração, como acontece em toda a Madeira, sinto que é nosso dever enviar uma palavra de ânimo e esperança a todos os nossos emigrantes, bem como a todos os que estão fora da Região, como é o caso de muitos estudantes”. Foi assim que o presidente da Câmara Municipal de Santa Cruz começou a mensagem num momento particularmente difícil para todos em contexto de isolamento social.
“Esta situação difícil que estamos a atravessar, torna-se ainda mais difícil para quem está longe da sua terra e da sua família, nomeadamente em locais fortemente atingidos pela pandemia da COVID-19.
A todos quero manifestar a minha solidariedade e lembrar que somos um povo que sempre lutou contra as dificuldades, que sempre enfrentou o presente e o futuro com a força que herdamos dos nossos avós e pais. Um povo que sempre olhou as dificuldades e desafios de frente, que nunca baixou os braços, e que tantas vezes triunfou com a força do trabalho e a força de sermos desta terra que tanto já deu ao mundo”.
Filipe Sousa diz que sente e sabe “da dificuldade e do medo que nos assombra neste momento. Sinto e sei do desânimo de quem se vê em terra que não é sua num momento em que precisamos tanto dos nossos e de sentir a certeza de pisar chão familiar.  Aos que estão longe, quero manifestar a minha solidariedade e enviar um forte abraço que sei ser partilhado não só por todos os santacruzenses, mas também por todos os madeirenses”.
O autarca temina assim: “Amigos, esta é mais uma luta de entre tantas que já enfrentámos. Acredito que vamos vencer para podermos estar juntos muito brevemente. Até lá, é com o peito pesado que envio a minha solidariedade e a palavra amiga de sempre. Mas também é com o peito cheio de esperança porque acredito na força da nossa gente”