PSP nega mais assaltos na Madeira e diz que houve redução na criminalidade contra o património

O comando regional da PSP desmentiu hoje que existam mais assaltos, na Região, em período de isolamento social., considerando que “é falso que o número de assaltos (crimes contra o património) tenha vindo a aumentar na Madeira, não sendo também verdade que os negócios estejam desprotegidos, em especial no período noturno”.

A PSP revela que “desde o início das medidas impostas pelo Estado de Emergência o CR PSP Madeira registou um decréscimo na ordem dos 52% da criminalidade contra o património, sendo que o emprego do dispositivo policial no período noturno foi reajustado de forma a garantir uma maior vigilância nas ruas”

“O Comando Regional da PSP Madeira repudia assim este tipo de notícias infundadas, as quais são passíveis de gerar alarme social despropositado no seio da população em geral e dos empresários em particular, reiterando o seu compromisso na garantia da Ordem e da Tranquilidade públicas, as quais são fundamentais para garantir as condições de estabilidade social neste período atípico da vida dos cidadãos madeirenses”.