“Música a Norte” proporciona interessantes concertos em São Vicente, Porto Moniz, Ponta Delgada e São Jorge

A igreja matriz de São Vicente recebe no sábado, dia 7 de Março, o Funchal Baroque Ensemble para um concerto, pelas 20 horas. Subordinado à temática “O Barroco Italiano”, o concerto será o primeiro da iniciativa “Música a Norte”, dinamizada pelo Governo Regional e que vai já a segunda edição. Estão previstos outros concertos que focarão o barroco alemão, português e francês. À semelhança do primeiro ano, os concertos do evento ocorrerão em quatro Igrejas notáveis da costa norte da Ilha da Madeira (São Vicente, Porto Moniz, Ponta Delgada e São Jorge), mantendo assim a relação com o Património Histórico local.

Carlos Antunes, o programador artístico desta iniciativa, salienta que todos os programas contam com várias obras de destaque no âmbito da música europeia. “Para começar, teremos o concerto dedicado ao Barroco Italiano pelo Funchal Barroque Ensemble que, para além de peças instrumentais de grandes nomes como Vivaldi ou Corelli, terá como obra central o Salve Regina do grande compositor Pergolesi, do qual ouvimos no ano passado outra grande obra Mariana: o Stabat Mater. Depois teremos o concerto do Barroco Alemão, com as Suites para Violoncelo Solo de Bach – uma das obras mais notáveis da música Barroca Europeia, tocadas por Filipe Quaresma. Regressamos depois “a casa” com o Barroco Português: um concerto de formato especial, onde música e textos barrocos se juntam para recriar a experiência da teatralidade eclesiástica que se vivia na igreja deste período, sendo a selecção de textos e declamação do actor e encenador Luís Miguel Cintra e a música a cargo dos Cappella dei Signori. E, por fim, acabaremos em São Jorge com um grande concerto dedicado ao Barroco Francês: um ciclo de Leçons de Ténèbres (lamentações) do grande compositor Francês Charpentier, apresentado por um dos grupos especialistas neste tipo de repertório (Ludovice Ensemble) e com três vozes solistas masculinas. Será um programa a não perder”, promete.

O segundo concerto, intitulado “O Barroco Alemão”, com Filipe Quaresma, será na igreja matriz do Porto Moniz a 14 de Março, às 20 horas. Já o do agrupamento “Cappella dei Signori” com Luís Miguel Cintra, sobre o Barroco Português, acontecerá na igreja do Bom Jesus de Ponta Delgada, a 22 de Março às 16h30. O concerto do Ludovice Ensemble, dedicado ao Barroco Francês, acontece a 29 de Março às 18 horas, na igreja matriz de São Jorge.

A realização destes concertos únicos em São Vicente, Porto Moniz e Santana resulta, salienta a Secretaria Regional do Turismo e Cultura, de um investimento na descentralização cultural, constituindo uma das mais significativas iniciativas no âmbito das comemorações dos 600 anos.