Qual a diferença entre “COVID-19” e “SARS-CoV-2”?

¡AF!

COVID-19: é o nome oficial, atribuído pela Organização Mundial da Saúde [OMS], à doença provocada por um novo coronavírus, que pode causar infeção respiratória grave como a pneumonia. Este vírus foi identificado pela primeira vez em humanos, no final de 2019, na cidade chinesa de Wuhan, província de Hubei, tendo sido confirmados casos em outros países.

SARS-CoV-2: é o nome oficial atribuído pela OMS, ao coronavírus da Síndrome Respiratória Aguda Grave 2.

 

 

 

Já houve uma Síndrome Respiratória Aguda Grave 1 [SARS]?

A SARS foi detetada pela primeira vez no fim de 2002 na China. Entre 2002 e 2003, um surto da doença resultou em mais de 8000 casos e cerca de 800 mortes em todo o mundo. Desde 2004 que não há registos de novos casos da doença. Pensa-se que a doença tenha tido origem em gatos-de-algália infetados por morcegos e posteriormente vendidos em mercados de animais vivos. in wikipédia. Os chineses estão proibidos, pelo governo central, desde 2002, de comer morcegos, no entanto, nos países vizinhos, as sua popupações continuam a comer.

Em 2012 foi detetada na Arábia Saudita uma nova variante de coronavírus (Mers-CoV), responsável pela Síndrome Respiratória do Médio Oriente (MERS ou SRME). O MERS-CoV é um betacoronavírus derivado dos morcegos. Verificou-se que os camelos possuem anticorpos para o MERS-CoV, embora não tenha sido identificada a fonte exata da infeção em camelos.  in wikipédia.