Estepilha – Tomate “inglês” a 2.48 euros e tomate “Brexit” a 19,50 euros

O Estepilha passou pelo Mercado, ainda pouco refeito das festas de Carnaval e em ambiente de entrada na Quaresma, uma vez que vem aí a Páscoa a toda a velocidade, e ficou assim como que “atordoado” com o preço do tomate inglês, também com outras frutas, mas o tomate inglês chamou a atenção por haver, num curto espaço de meio metro, dois preços diferentes, um a 2.48 euros, outro a 19.50 euros. E ao lado, alguém que conhece o “esquema” para turista ver, comprar e ser embrulhado, num abrir e fechar de olhos, com três ou quatro peças de fruta por 30 e mais euros, dizia-nos que talvez se tratasse de um “tomate Brexit”. O mais caro, claro, atendendo a que se realmente é tipo estratégia de “tomate Brexit”, com a saída da União Europeia, se calhar já estamos a pagar pela medida grande. Mas só por brincadeira, está bom de ver, uma vez que se for para falar a sério ia ser complicado para quem tem por missão promover a Madeira.

O Estepilha começou a pensar, sim porque esta coisa de festa em cima de festa, nem dá tempo para pensar, que se calhar não é má ideia fazer uma candidatura a um espaço no próximo concurso aberto pela Câmara, seria uma forma de arrancar um rendimento extra só com tomate inglês. O Estepilha sabe de um frutaria onde tem tomate inglês a 2 euros e com uma boa conversa ainda traz por 1,50 euros, preço de quantidade. Depois, põe no cesto a 30 euros ao quilo e ainda dá “baile” aos que vendem a 19. Pensando bem, assim, limpinho e livre como o preço, é uma boa ideia. Se enganar meia dúzia de turistas, a imagem da Região não interessa, o dinheiro já entrou e pronto, ninguém fala no assunto enquanto bebe poncha e come umas malassadas.

Façam como o Estepilha, saiu do Mercado já a pensar nas amêndoas e nos ovos da Páscoa.