Câmara do Funchal vai contratar cinco técnicos para combater as fugas de água

O presidente da Câmara Municipal do Funchal deu conta, após a reunião da Autarquia, que foi aprovada, por unanimidade, a integração, formal, do Funchal na rede de municípios, da qual já fazia parte, informalmente, desde 2016, “estando na linha da frente da estratégia de combate às alterações climáticas”.

Miguel Gouveia lembra que este passo formal permitirá estabelecer novas fontes de financiamento relativamente a este combate, designadamente a diferenças de temperaturas que obrigam a despertar consciências para uma crise climática.

O líder da Autarquia funchalense revelou, ainda, que nesta reunião camarária foi decidido avançar com a abertura de procedimento concursal de recrutamento de recursos humanos, para o controlo e monitorização de fugas nas redes de água. Estamos a contratar uma equipa de cinco profissionais, três técnicos especialistas em informática, um engenheiro eletromecânico ou eletrotécnico e um técnico superior na área da Matemática.

Nesta mesma reunião, foi aprovado o júri do prémio Maria Aurora, que distingue trabalhos no domínio da igualdade de género. O prémio tem um valor de 3 mil euros e as candidaturas estão já abertas.