Câmara do Funchal já está a distribuir 1350 ecopontos a famílias carenciadas do concelho

A Câmara Municipal do Funchal já está a entregar, de forma gratuita, ecopontos às famílias do concelho com carências socioeconómicas. O presidente Miguel Silva Gouveia acompanhou os serviços camarários na entrega dos primeiros contentores, ao lado da vice-presidente Idalina Perestrelo, que tem o pelouro do Ambiente.

O líder da Autarquia explicou, na ocasião, que “a Câmara tem, a partir de hoje, 1350 ecopontos, papelão, embalão e vidrão, prontos a serem distribuídos pelas famílias carenciadas do concelho. Este é o resultado de uma candidatura do Funchal ao POSEUR, num investimento de 100 mil euros, onde a Autarquia coparticipa com 15% do valor global.”

“O Município do Funchal é uma referência nacional em termos ambientais, é o único na Região que faz recolha seletiva de resíduos porta-a-porta, sendo responsável por dois terços desta na Madeira. Fazemos um esforço diário na recolha porta-a-porta com 62 circuitos, para continuar a aumentar a taxa de recolha seletiva municipal, de modo a diminuir o lixo indiferenciado e a inceneração desses resíduos, e promovendo a proximidade, a comodidade e a sustentabilidade”, esclareceu o Presidente.

Miguel Silva Gouveia adiantou ainda que “com este projeto, de edução ambiental e de inclusão da população, estamos a dar ferramentas às famílias com menos recursos de modo a que todos nós possamos contribuir para as boas práticas ambientais e consequentemente para uma melhor qualidade de vida para todos”.

Às famílias que submetam a candidatura comprovando ser residente no concelho e estar em situação socioeconomicamente carenciada, serão entregues três contentores de 50 ou 120 litros destinado à deposição de resíduos recicláveis.

As candidaturas devem ser feitas online, no site oficial da CMF, através do link http://cm-funchal.pt/pt/servicos-online/servicos-home.html ou nos serviços do Departamento de Ambiente, no Edifício dos Viveiros.