Regularização do troço terminal da Ribeira da Madalena concluído no segundo semestre deste ano

A obra de regularização do troço terminal da Ribeira da Madalena do Mar, com um valor total de 6,8 Milhões de euros, cuja conclusão está prevista para o segundo semestre deste ano. Esta foi uma das revelações feitas pelo secretário regional dos Equipamentos e Infraestruturas quando hoje esteve presente na cerimónia dos 438 anos da freguesia da Madalena do Mar, em representação do presidente do Governo.

“Na anterior legislatura, o Governo Regional investiu mais de 34 milhões de euros no concelho da Ponta do Sol, na construção da variante à Madalena do Mar, na reabilitação e estabilização de taludes, na reabilitação do Cais da Ponta do Sol, na recuperação de levadas e melhoria das condições de fornecimento de água de rega, na recuperação de sistemas de regadio, na construção de caminhos agrícolas, na reformulação do posto de pescado da Madalena do Mar”, referiu Pedro Fino.

Numa zona de grande predominância de produção de banana, Pedro Fino recordou que, para este ano de 2020 “está previsto novo investimento, com o arranque das obras de construção do Centro de Investigação e Experimentação da Banana da Madeira, no Lugar de Baixo”, sublinhou, recordando que, dada a importância do setor agrícola no concelho, o Governo Regional tem também investido na remodelação dos sistemas de regadio, estando prevista a recuperação da conduta de distribuição do reservatório das Terças, da Levada do Coronel, e das levadas da Calheta – Ponta do Pargo e Calheta – Ponta do Sol.

“O Governo Regional irá lançar também, este ano, o projeto de criação do Centro Interpretativo da Flor da Madeira, que irá reforçar o papel do Centro de Floricultura do Lugar de Baixo, no âmbito da investigação em floricultura subtropical, permitindo divulgar o conhecimento sobre as principais espécies florícolas da ilha da Madeira, uma mais valia para a população local, mas sobretudo para o setor turístico”, avançou.

O Secretário Regional de Equipamentos e Infraestruturas confirmou também que o Governo Regional irá, “ao longo desta legislatura, continuar a garantir equipamentos de saúde e educação adequados à prestação dos melhores serviços à população, a assegurar a sua proteção e segurança, a apoiar as instituições que trabalham na área social, de forma a que possam garantir todo o apoio à população idosa e mais carenciada, a desenvolver medidas propícias ao desenvolvimento económico e à criação e emprego, e a apoiar o setor primário, que tanta relevância tem neste concelho”.