PTP aplaude encerramento da Frente MarFunchal e diz que empresa servia para “alimentar clientelas”

Raquel Coelho, do PTP, emitiu hoje uma nota sobre o encerramento da empresa municipal Frente MarFunchal, considerando que a decisão da liderança de Miguel Gouveia “só peca por tardia, mas que não desresponsabiliza a má gestão da empresa”. E pede explicações ao PS.

“Ao contrário do que já foi veiculado por outros partidos o PTP, não só não lamenta o encerramento da Frente-Mar Funchal, como acha que a decisão já foi tomada tardiamente”.

Para a deputada municipal do PTP, “a Frente-Mar tem sido, desde a sua génese, utilizada para alimentar as clientelas partidárias do poder autárquico, “uma fonte de despesismo” e por essa razão há muito tempo que o PTP vinha exigindo a sua dissolução, passando as funções desta diretamente para a Câmara Municipal.

No entanto, o PTP considera que “o encerramento da empresa, não apaga “a promiscuidade, a falta de transparência e as ilegalidades cometidas” e pede responsabilidades ao executivo municipal do Partido Socialista”.