Lapinha do Galeão pode ser vista até ao dia 19

A Junta de Freguesia de São Roque emitiu uma nota enfatizando que “a maior lapinha do País e da Região, no Galeão, distribuída em 2 pisos, numa área com mais de 600 m2, pode ser visitada até o próximo domingo, entre as 15h00 e as 21h00”. A entrada é gratuita, refere-se.

São milhares de peças expostas, que podem apenas ser vistas até ao próximo domingo, dia 19 de Janeiro. A Lapinha do Galeão é, já há duas décadas, um ícone da freguesia de São Roque. “Neste Natal já passaram por aqui mais de 50 mil pessoas. Madeirenses e
até turistas de cruzeiros, e de autocarros vindos de unidades hoteleiras. Tem sido uma constante”, resume Juvenal Silva, presidente da
Associação Cultural e Recreativa do Galeão, que tem sido o principal rosto desta iniciativa.
“É a maior lapinha feita na Região. São milhares de figuras, juntas em vários quadros alusivos à época e à Madeira. Mostra as nossas tradições, e muito nos orgulha”, diz por seu turno o presidente da Junta de Freguesia de São Roque, Pedro Gomes, adiantando que, dado o interesse das pessoas em visitar a exposição, foi decidido mantê-la patente até ao próximo domingo.

Todos os anos, a Associação Cultural e Recreativa do Galeão, implantada no bairro com o mesmo nome, procura inovar. No ano passado, o tema foi ‘Festas da Madeira’, e para o Natal de 2021 a ideia ainda não está pensada, referiu Juvenal Silva .“A inspiração só vem quando o espaço fica novamente em branco”, confessa.

A XXI Mostra da Lapinha do Galeão está patente num espaço situado na Rua Escola Secundária do Galeão, junto ao Centro de Saúde de São Roque.