6ª edição da Liga Solidária 2020 foi hoje apresentada na CMF

A 6ª edição da Liga Solidária 2020 foi apresentada esta manhã no Salão Nobre da Câmara Municipal do Funchal. O edil Miguel Silva Gouveia presidiu a esta cerimónia, na qual foi anunciada a participação de 150 crianças nos jogos que decorrerão nos recintos desportivos da autarquia.

Miguel Gouveia elogiou a comissão organizadora do torneio, “na pessoa de João Carlos Abreu pelo exemplo de como não há idade para sermos jovens, inovadores, e para pormos no terreno ideias que são capazes de envolver toda a sociedade (…)”

“Temos também de mencionar os projectos desportivos que têm a coragem de participar nestes torneios não competitivos numa altura em que a modalidade do futebol é alvo de muita ambição economicista, considerando por outro lado os valores e as boas práticas desportivas.  São estes bons exemplos que depois estas crianças transportam consigo para outras actividades e para a vida adulta”, declarou.

O presidente concluiu exaltando a “criatividade de trazer ao deporto valores que são próprios da sua origem como a paixão, o respeito mútuo, e a justiça (…)”.

A 6ª edição da Liga Solidária 2020 é um campeonato infantil não federativo, da organização conjunta entre a Criamar, a Escola Desportiva Mais e a Escola de Futebol João Inácio, e pretende promover o desporto junto da população jovem, fomentar os bons hábitos desportivos e as práticas saudáveis e incentivar a inclusão social.

O torneio decorrerá durante 6 meses nos recintos desportivos das Juntas de Freguesia de São Martinho, Santa Maria Maior e São Gonçalo. A Liga Solidária 2020 conta com a participação de 12 equipas de 10 projectos desportivos com atletas de idades entre os 8 e os 12 anos, divididas em dois escalões.

A apresentação da 6º edição da liga Solidária contou também com a presença de João Carlos Abreu, presidente da Associação Criamar, Duarte Caldeira, presidente da Junta de Freguesia de São Martinho, Bruno Ferreira, presidente da Junta de Freguesia de São Gonçalo, Nélio Pereira, representante da Junta de Freguesia de Santa Maria Maior e Miguel Dinis, 2º comandante dos Bombeiros Voluntários Madeirenses.