Noite de 6 de janeiro sem luzes de Natal já estava no programa, iluminação foi desligada às 2 da madrugada, esclarece a secretaria

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Luzes “fecharam” às 2 da manhã do dia 6 de janeiro.

Natal programa

Foi com alguma estranheza que madeirenses e visitantes chegaram ao Funchal, na noite de 6 de janeiro, deparando-se com as luzes de Natal desligadas. Essa mesma estranheza foi veiculada pelo DN e a Direção Regional de Turismo esclareceu que não há nada de estranho no assunto uma vez que o programa oficial já previa o encerramento da iluminação da “Festa” no dia 6 de janeiro mas às 2 horas da manhã. Ou seja, na noite do dia 6 já não acendiam. E foi o que aconteceu, estranho ou não.

“Efetivamente, conforme o horário anunciado, as luzes fecharam às 2 horas da manhã do dia 6 de janeiro, e, desta forma, coincidiu com o final das diversas iniciativas programadas, nomeadamente o Cantar dos Reis, que teve lugar na noite de 5 de janeiro, no Jardim Municipal. Com o encerramento das iluminações e de todas as iniciativas a Diretora Regional do Turismo evidencia que foram atingidos todos os objetivos programados para as Festas de Natal e Fim do Ano 2019/2020”, pode ler-se num comunicado hoje emitido pelo gabinete de comunicação da secretaria do Turismo.

Dorita Mendonça, a diretora regional, lembra que “a Madeira, enquanto destino turístico, destaca-se nesta altura do ano, com uma forte aposta na celebração das Festas de Natal e Fim do Ano, sendo que as iluminações e o fogo de artifício constituem investimentos de grande relevo no Calendário de Animação Turística Regional”.