CDU defende criação na Região de um passe único para os transportes públicos

A CDU esteve ao longo do dia a contactar com os utentes de transportes públicos rodoviários com o objectivo de ouvir as reais necessidades das populações no que diz respeito aos transportes públicos e defender a criação na Região um Passe Único. Junto às paragens de autocarros da Avenida do Mar, Ricardo Lume referiu que a redução dos tarifários dos passes sociais na Região para 40€ para passe intermunicipal e 30€ para passe municipal foi uma medida importante a nível social e também a nível ambiental. O próximo passo é garantir a concretização do Passe Único, assegurando assim “a mais elementar justiça social”.

“Não é justo que ao contrário do que acontece no continente na Madeira um cidadão que necessite de utilizar mais do que uma companhia de transportes públicos tenha de optar pelo passe combinado, (caso uma das companhias seja a empresa Horários do Funchal que custa 61€) ou então adquirir dois títulos de transporte caso nenhuma das companhias seja a empresa Horários do Funchal, que costa 80€”, referiu o deputado. 

A CDU defende que nenhum cidadão deva de pagar mais de 30€ por um passe municipal e mais que 40€ para um passe intermunicipal independentemente da necessidade de utilizar mais que uma companhia de transportes público.

A criação do Passe Único “é uma medida da mais elementar justiça que deve ser acompanhada da gratuitidade do transporte público para crianças e jovens até aos 18 anos e aos reformados e pensionista que auferem reformas inferiores ao salário mínimo nacional”, defendeu o parlamentar comunista.