Jaime Gouveia é o novo presidente da SAD do União eleito em assembleia conturbada

Fotos Emanuel Silva

O advogado Jaime Gouveia foi eleito esta noite como novo presidente do conselho de Administração da Sociedade Anónima Desportiva (SAD) do União.

O nome, à semelhança dos restantes membros do conselho, foi proposto por dois dos principais accionistas da SAD.

A assembleia-geral foi conturbada e motivou a ida da PSP, por duas vezes, à sede, na Rua da Ponte Nova.

O até agora presidente da SAD, Filipe Silva, diz que pediu a demissão. Tentou ao longo do dia fazê-lo junto do presidente da assembleia-geral, Estanislau Barros mas só consegui fazê-lo por volta das 20 horas, hora marcada para o início da reunião.

O accionista António Lopes também participou na reunião e disse que foi surpreendido com a entrada de um novo investidor na SAD (o empresário Paulo Rodrigues, por via da empresa “Carmo Rodrigues Imobiliária”).

Filipe Silva clarificou que a entrada de novos capitais (no caso representa cerca de 27% do capital da SAD) tinha ficado decidida na última reunião, conforme revela a acta, notarialmente reconhecida.

O representante do novo accionista.

Aliás, a representação deste novo investidor na assembleia da SAD suscitou o 2.º incidente do dia. A PSP foi chamada por Nuno Sampaio (representante do novo investidor continental) por lhe ser negada a participação na reunião.

O 1.º incidente foi com um funcionário do clube que pretendia estar presente na assembleia-geral.