Governo vai denunciar Convenção com a Ordem dos Médicos e criar um grupo de trabalho para novo modelo

pedro ramos

O secretário regional da Saúde anunciou hoje, no âmbito do debate do Programa de Governo, que Executivo vai denunciar a Convenção com a Ordem dos Médicos na Madeira, que por razões contratuais termina em fevereiro de 2020 e a respetiva denúncia deverá ocorrer sessenta dias antes.

Pedro Ramos não quer más interpretações com esta medida, uma vez que o objetivo do Governo é precisamente criar um grupo de trabalho, envolvendo a Ordem, tendo em vista uma nova Convenção devidamente articulada e com modelos diferentes daqueles introduzidos em 1976.

Nestes debate, o secretário regional da Saúde garantiu que o Programa do Governo Regional tem em conta os profissionais e as necessidades da população, prometendo que “o Governo vai continuar a apostar nos recursos humanos, sendo que relativamente aos incentivos, designadamente o subsídio de fixação que abrange todos os médicos da Madeira, a aplicar a partir de janeiro de 2020, motivou os novos internos à escolha da Região”.