SESARAM está a garantir apoio psicológico às vítimas e familiares do acidente no Caldeirão Verde, três dos feridos ligeiros tiveram alta

URGENCIAS HOSPITAL NELIO MENDONCA
O SESARAM disponibilizou uma linha para prestar apoio às vítimas, familiares, embaixadas e consulados, que é a seguinte: 351 961186549″.

Das onze vítimas que deram entrada no Hospital Dr. Nélio Mendonça, resultantes da derrocada que ocorreu no Caldeirão Verde, em Santana, seis são do sexo masculino e cinco do sexo feminino, de nacionalidade francesa (5), alemã (2), portuguesa (3) e brasileira (1).

Segundo uma nota emitida há pouco pelo Serviço Regional de Saúde, três vítimas são politraumatizados graves, sendo que destas, duas estão a ser acompanhadas na neurocirurgia/cuidados intensivos e uma foi alvo de cirurgia ortopédica encontrando-se no bloco operatório.

Oito vítimas são feridos ligeiros, três destas já tiveram alta hospitalar e cinco estão em observação no Serviço de Urgência.

Na sequência do acidente, das 11 vítimas socorridas no local, três foram encaminhadas diretamente para o Hospital Dr. Nélio Mendonça. As restantes (oito) foram observadas inicialmente no Centro de Saúde de Santana, vindo a ser transferidas posteriormente para o Hospital Dr. Nélio Mendonça para receber uma resposta mais diferenciada.

A mesma nota do SESARAM revela que “no Hospital Dr. Nélio Mendonça para além de uma resposta diferenciada está a ser assegurado apoio psicológico e acompanhamento por parte dos tradutores e ainda apoio aos acompanhantes/familiares das vítimas. Neste momento, a linha disponível para prestar apoio às vítimas, familiares, embaixadas e consulados é a seguinte: 351 961186549”.

O Governo Regional através da Secretaria da Saúde e da Proteção Civil, do Turismo e do Ambiente, tem acompanhado toda a situação.

O Serviço de Saúde da RAM revela que dará um novo ponto de situação amanhã, 31 de outubro, pelas 10h:30, na Sala de Conferências do Hospital Dr. Nélio Mendonça.