Novo Comandante Operacional cumprimenta Ireneu mas não faz declarações

Dores Aresta
Dores Aresta apresentou cumprimentos ao Representante da República e saiu sem prestar declarações. Foto Rui Marote

O Contra-Almirante Dores Aresta, que vai chefiar o Comando Operacional da Madeira, sendo mesmo a primeira vez que essa liderança é entregue a um oficial da Marinha, foi hoje apresentar cumprimentos ao Representante da República para a Madeira, Ireneu Barreto. E saíu sem prestar declarações, remetendo para mais tarde qualquer posição sobre o exercício do novo cargo na Região.

Recorde-se que Dores Aresta foi nomeado pelo CEMGFA na sequência da polémica levantada pela existência, em torneios de golfe, de material militar utilizado por civis, situação que levou à exoneração do Major-General Carlos Perestrelo.

Dores Aresta tem 57 anos de idade e ligações à Madeira por via do casamento, uma vez que os pais da sua mulher são naturais da Região.