“Costa vai cumprir com 300 milhões? Como cumpriu com o ferry? Como cumpriu com o hospital? Tenham vergonha na cara”, reage José Prada a Cafôfo

José Prada
Prada responde aos 300 milhões que Cafôfo vai pedir a António Costa quando este vier à Madeira a 31 de agosto: “Como se alguém acreditasse que tudo se resolve num estalar de dedos. Como se todos os problemas fossem simples de resolver, por magia”.

Na linha do que vem sendo habitual na nova “dialética” político partidária regional, desta vez foi a candidatura do PS às Regionais de 22 de setembro a escolher o Diário para contactar o eleitorado e dar a conhecer que Paulo Cafôfo vai pedir 300 milhões de euros a António Costa, quando o líder nacional socialista estiver na Madeira para o comício da “reentrada” da nova temporada política agendado para Machico a 31 de agosto. Os 300 mil correspondem a uma garantia que Cafôfo quer ver consagrada na Lei de Finanças Regional para uma distribuição em dez anos.

Face a este quadro, também pelo facto das campanhas, hoje, terem muito de componente de redes sociais, em função da abrangência e dimensão das mesmas, não demorou muito a resposta do secretário geral José Prada, na sua página da rede social Facebook. “Teria piada se não fosse patética esta predisposição do PS para gozar com a inteligência dos Madeirenses e Porto-Santenses, sacando mais um truque ilusionista da cartola, cheio de milhões. Neste caso 300 milhões”, começou assim Prada, sem rodeios e direto ao assunto.

São “300 milhões que serão pedidos a António Costa, numa exigência à qual este irá responder, obcecado, que sim, esquecendo que o povo Madeirense já não acredita na sua palavra”, diz Prada.

O secretário geral social democrata madeirense lembra que “desta vez o socialista Antonio Costa vai cumprir, garante o candidato do PS local às Eleições Regionais”, aproveitando para elencar um conjunto de situações pendentes com o Governo de Lisboa para contrapor ao “desta vez é que é” de Paulo Cafôfo: “Verdade? Como cumpriu com o ferry? Como cumpriu com o subsídio de mobilidade? Com a redução dos juros da dívida? Com o financiamento do novo Hospital? E por aqui me fico porque a lista de promessas socialistas não cumpridas é bem mais longa.

Prada pede “por favor, tenham vergonha na cara”. E acrescenta: “Evite-se a demagogia, a política é bem mais do que tudo isto. O nosso povo é inteligente, esclarecido. E a nossa população merece bem mais que isto. Mais e melhor”.

O social democrata deixa ainda a nota que “como se alguém acreditasse que tudo se resolve num estalar de dedos. Como se todos os problemas fossem simples de resolver, por magia…mas então porque é que nada resolvem no continente ou nos Açores, onde são poder?!