Foz da Ribeira do Porto Novo “mais parece um vazadouro de resíduos”, denuncia as CDU

CDU iniciaitiva 4 de agostoA CDU Madeira desenvolveu hoje, em Gaula, uma iniciativa política sobre o “uso do litoral e a ausência de uma planificação defensora do interesse público na ocupação da orla costeira na Região Autónoma da Madeira”.

Nesta iniciativa na foz da Ribeira do Porto Novo, na zona de praia, a CDU diz que “mais parece um vazadouro de resíduos, a CDU acusou os governantes de crime político contra o interesse público. Disse Edgar Silva que «o litoral ou está entregue aos turistificadores ou está ao abandono. Os governantes entregaram a privados, aos turistificadores, as zonas mais aprazíveis da orla costeira, que se apropriaram, privatizando importantes parcelas do litoral em função dos seus interesses privatísticos. Outras zonas do litoral estão ao “deus dará”, estão, como acontece no Porto Novo, num estado vergonhoso”.

Afirmou ainda Edgar Silva que «quer em concelhos da responsabilidade governativa do PSD ou do PS, quer em áreas em que o PSD foi substituído pelo JPP, apesar do rotativismo nas cadeiras do poder, a dita mudança faz prolongar os velhos problemas, continua a não haver uma estratégia para o bom uso do litoral em função do superior interesse público. Ou seja, de pouco ou nada tem servido a substituição de uns por outros na condução da velha política de dependência dos turistificadores destas ilhas. O que faz falta é um novo rumo para o desenvolvimento. O que faz falta é um novo projecto de defesa do interesse público para esta Região.»