Ligação Arco de São Jorge- Santana com visto quase a sair do Tribunal de Contas, revela o presidente do Governo

Albuquerque BalcãoO primeiro balcão de atendimento local da Secretaria Regional da Agricultura e Pescas foi hoje aberto em Santana, nas instalações do Centro Cívico local e com o presidente do Governo Regional presente.

Os balcões criados pela Secretaria Regional da Agricultura e Pescas visam “centralizar num único ponto de cada concelho da RAM, várias valências dos serviços da SRAP, visando a maior e melhor proximidade com os cidadãos.

Com a abertura deste primeiro balcão, em Santana, “pretende-se, assim, um apoio de proximidade ainda maior, ao mesmo tempo que se dá seguimento à política de descentralização deste Governo”, refere uma nota governamental sobre a iniciativa.

O Balcões SRAP serão equipados de recursos humanos e das tecnologias adequadas que permitam um atendimento presencial de qualidade e que respondam com rapidez, clareza e eficácia às solicitações e necessidades dos agricultores, dos produtores pecuários, dos pescadores e dos artesãos, bem como das empresas nestes setores.

Estes balcões irão receber e agendar os pedidos de assistência técnica especializada, proporcionar a identificação e/ou atualização do limite das parcelas das explorações agrícolas e rececionar, nos períodos fixados, a candidatura ao Pedido Único.

Miguel Albuquerque começou por referir o especial afeto ao concelho de Santana e fez questão de salientar a importância de abertura deste espaço aberto aos agricultores. Para o presidente da Câmara, Miguel Albuquerque disse ter uma boa notícia, anunciando que “está a sair do Tribunal de Contas o visto para iniciarmos a obra da via expresso Arco de São Jorge-Santana. Uma obra que vem facilitar a ligação entre São Jorge e São Vicente”.

Além desta obra, Albuquerque lembrou o centro de processamento de anona e pera abacate e que está a funcionar muito bem e que vai crescer nos próximos anos”.