Ben Wendel abriu Funchal Jazz na companhia de músicos de categoria

Fotos: Rui Marote

O Funchal Jazz 2019 principiou hoje com as sonoridades da Ben Wendel Seasons Band, uma banda formada pelo saxofonista Ben Wendel com o objectivo inicial de dedicar doze peças a doze músicos que admirava profundamente. O músico inspirou-se nas composições de Tchaikovsky, o qual criou uma dúzia de peças para piano em 1876, publicadas, à época, numa revista especializada. Os trabalhos de Ben Wendel foram, por seu turno, divulgados em vídeo, e incluíram Taylor Eigsti, Joshua Redman, Matt Brewer, Eric Harland, Shai Maestro, Luciana Souza, Julian Lage, Mark Turner, Jeff Ballard, Gilad Hekselman, Aaron Parks e Ambrose Akinmusire.

No Funchal, Ben Wendel apresentou-se com Aaron Parks no piano, Gilad Hekselman na guitarra, Matt Brewer no contrabaixo e Kendrick Scott na bateria, perante uma ampla plateia de interessados e que não deixaram de marcar presença no Parque de Santa Catarina no arranque de mais uma edição deste evento musical.

Antecipando a actuação do conhecido Gregory Porter, Wendel e os músicos que o acompanharam, todos de grande categoria, deixaram bem claras as potencialidades do jazz contemporâneo e o modo como o mesmo consegue ser expressivo e falar à alma, silenciando os críticos mais saudosistas.