Casa da Madeira dos Açores assinala Dia da Região e 600 anos com evento musical

Casa da Madeira Açores 600 anos B

Casa da Madeira assinala Dia da RgeiãoCsaa da Madeira dia da regiãoA Casa da Madeira nos Açores realizou um evento musical que contou com a presença da Orquestra de Ponteado da Associação Xarabanda, no âmbito de várias iniciativas, desenvolvidas pela CMA, alusivas às comemorações do Dia da Região Autónoma da Madeira e das Comunidades Madeirenses, mas também no âmbito dos 600 anos do descobrimento das ilhas da Madeira e do Porto Santo.

O concerto decorreu ontem, sábado, no Museu Vivo do Franciscanismo, no concelho da Ribeira Grande, contando com a presença de duas centenas de pessoas que foram assistir a um espectáculo onde os cordofones madeirenses deram vida à musica tradicional madeirense. O mesmo esteve inserido no encerramento do colóquio «QUESTÕES DE IDENTIDADE INSULAR NAS ILHAS DA MACARONÉSIA» organizado pelo Centro de Estudos de História do Atlântico (CEHA) e Centro de História d’ Aquém e d’ Além Mar (CHAM), a que a CMA tem tido o privilégio de associar-se nas suas últimas três edições.

Presente no evento esteve Guilherme Silva, presidente da Comissão Executiva dos 600 anos do Descobrimento da Madeira e do Porto Santo, em representação do presidente do Governo Regional, que deixou uma palavra de gratidão a todos os madeirenses pelo trabalho que têm desenvolvido fora da Madeira e que engrandece a mesma pelo mundo fora.

Para a CMA, de acordo com uma nota enviada à comunicação social, esta foi “uma oportunidade de voltar aproximar os madeirenses da sua Região e também proporcionar aos residentes nos Açores um contacto com a cultura tradicional madeirense, numa relação entre dois povos irmãos. Enaltecendo ainda o trabalho desenvolvido pela Orquestra de Ponteado e pela Associação Xarabanda, que em muito prestigia a Região e todos os madeirenses”.