Prada lembra a Cafôfo e ao PS-M que a cobertura de médico de família no Porto Santo é superior a 90%

Prada PSD
José Prada questiona: Será que o PS/M conhece, sequer, a realidade da saúde naquela ilha?”

O secretário geral do PSD Madeira tem feito aquilo a que podemos chamar, numa linguagem futebolística, de “marcação cerrada” ao PS-M e a Paulo Cafôfo, designadamente em matéria que tem a ver com o setor da Saúde, que como se sabe é muito sensível ao eleitorado. E José Prada sabe disso. E por isso, tem rebatido afirmações e comparado com o que se passa no continente, onde como se sabe os socialistas governam.

Na sua página da rede social Facebook, Prada coloca imagens que contêm notícias sobre ocorrências em diversos hospitais do País, adiamento de cirurgias, situações caóticas em maternidades, despesas com médicos tarefeiros. E acompanha com uma pergunta: “É este o modelo em que o PS/M se revê, resultante da governação do Socialista António Costa? Ou vão dizer que o mesmo Partido Socialista vai fazer aqui o que não faz em lado nenhum e, concretamente, no continente português?!”

Na sequência da deslocação de Paulo Cafôfo ao Porto Santo, José Prada não deixou passar a oportunidade para responder ao facto do candidato socialista prometer um médico internista todo o ano e um médico pediatra semanalmente no Centro de Saúde.

“Ainda que seja sempre possível melhorar”, diz o secretário geral social democrata madeirense, “e é nisso que o Governo Regional do PSD está empenhado  e apostado – será que o PS/M conhece, sequer, a realidade da saúde naquela ilha?”, questiona.

E dá exemplos do que está feito: “A Cobertura da população com médico de família neste Centro de Saúde é superior a 90%, numa estrutura que disponibiliza 13 consultas de especialidade, entre as quais a de Pediatria e Neuropediatria. Centro de Saúde que, aliás, foi reforçado, este ano, com a entrada de mais um médico especialista em medicina familiar, passando para 5 profissionais”.

Mas há mais, como Prada deixa registado: “No Serviço de Urgência deste Centro de Saúde foi inaugurado, neste mandato, em 2017, a TELEURGÊNCIA, sendo que a população do Porto Santo, no Verão e épocas festivas, conta, ainda, com a presença da Equipa Médica de Intervenção Rápida (EMIR), para garantir maior segurança e respostas rápidas a quem mais precisa”.

Este dirigente do PSD-M lembra, ainda, que “o Centro de Saúde do Porto Santo dispõe, desde este ano, de uma nova Unidade de Hemodiálise e que, desde o dia 1 de junho de 2017, a população passou a beneficiar dos serviços humanizados da nova Unidade de Cuidados Paliativos neste Centro, evitando-se, assim, as deslocações ao Funchal”.

E finaliza com uma mensagem política: “Mais do que números lançados ao vento ou de promessas avulsas, é na resolução dos problemas e na melhoria das diferentes respostas à população que nos realizamos e que estamos focados. Com seriedade, responsabilidade e, acima de tudo, com verdade”.