Regionais de 1988 com a sigla da CDU, com Emanuel Jardim Fernandes (PS) e Ricardo Vieira (CDS)

As eleições legislativas regionais na Madeira em 1988 realizaram-se a 9 de outubro de 1988.

O número de deputados subiu de 50 para 53.

O Partido Social Democrata, liderado por Alberto João Jardim, ganhou as eleições com 62,36% dos votos, elegendo 41 dos 53 deputados.

A campanha eleitoral para as legislativas regionais na Madeira decorreu de 28 de setembro a 7 de outubro de 1988.

A abstenção foi de 32,35%, ou seja, dos 185.340 eleitores recenseados votaram 125.383.

A lista do PS, então encabeçada por Emanuel Jardim Fernandes, conseguiu 16,79% dos votos, elegendo 7 deputados.

O CDS obteve 8,19% dos votos (2 mandatos) e a UDP 7,73% dos votos (3 mandatos).

A este escrutínio submeterem-se 7 candidaturas. O PCP foi, pela 1.ª vez, coligado com os Verdes (a sigla CDU apareceu pela primeira vez em Regionais), mas não conseguiu entrar na Assembleia Regional.

De fora ficou também o PCTP/MRPP e o PDA.

Resultados da Região Autónoma da Madeira (1988)
Inscritos Votantes Abstenções Brancos Nulos
Total Percent. Total Percent. Total Percent. Total Percent.
185340 125383 67,65% 59957 32,35% 922 0,74% 1444 1,15%
 Votação por Partido – Resultados da Região Autónoma da Madeira
PPD/PSD PS CDS UDP CDU PDA PCTP/MRPP
Total 78185 21058 10263 9687 2549 779 496
Percent. 62,36% 16,79% 8,19% 7,73% 2,03% 0,62% 0,40%
Mandatos 41 7 2 3 0 0 0