Alerta para a utilização dos plásticos motiva exposição na Praça do Município

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Lagoa da Praça do Município entre o verde e o plástico. Fotos Rui Marote

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
O objetivo da exposição é “sensibilizar a população para a problemática dos plásticos e refletir sobre os problemas ambientais associados à sua excessiva utilização e à incorreta deposição dos resíduos”, Foto Rui Marote
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
A Autarquia lançou, no início deste ano, a sua Estratégia Municipal de Combate à Poluição provocada pelo Plástico. Foto Rui Marote

No âmbito das comemorações da Semana do Ambiente, a Câmara Municipal do Funchal dinamiza diversas atividades “dirigidas a toda a população e incluem ações de sensibilização ambiental, espetáculos de teatro e exposições temáticas, bem como a realização de palestras e conferências subordinadas à temática ambiental e, por fim, a apresentação de um Guia de Boas Práticas Ambientais sobre os Resíduos Sólidos”.

A entrega de Certificados de Qualidade Ambiental de Excelência a 44 entidades, “num ato de reconhecimento das empresas e instituições que tiveram um bom desempenho ambiental ao nível da deposição seletiva de resíduos ao longo da última década”, bem como a abertura de duas exposições, uma no átrio da CMF, em parceria entre a Universidade da Madeira, e outra na Praça do Município, organizada pelo Departamento Municipal de Ambiente”, constituem iniciativas que fazem parte do programa.

Ambas as exposições visam “sensibilizar a população para a problemática dos plásticos e refletir sobre os problemas ambientais associados à sua excessiva utilização e à incorreta deposição dos resíduos, pretendendo sensibilizar o cidadão para uma alteração de hábitos e comportamentos”.

Refira-se que a Autarquia lançou, no início deste ano, a sua Estratégia Municipal de Combate à Poluição provocada pelo Plástico, assumindo publicamente o objetivo de liderar este tema na Região. A CMF já, começou, para o efeito, a aplicar as 10 grandes medidas que foram definidas na Estratégia, e que já estão a ter repercussões na gestão interna do Município, o que será igualmente abordado na próxima semana”.

No dia 4 de junho, serão entregues cheques solidários ao Núcleo Regional da Madeira da Liga Portuguesa Contra o Cancro e ao Centro da Mãe, resultado de uma campanha em que a CMF se comprometeu a doar 1€ por cada tonelada de resíduos de embalagem enviada para reciclagem, com cada instituição a receber, na ocasião, 7.459€.

Na manhã do dia 5 de junho, terá lugar, por sua vez, o ponto alto da semana, com a III Conferência “Desafios para a Cidade na Gestão dos Resíduos”, onde este ano, além de se debaterem questões prementes da gestão de resíduos, será especificamente abordada a problemática dos plásticos. Os oradores desta conferência serão Hélder Spínola, da Universidade da Madeira, Paulo Leal, da Cascais Ambiente, e Paula Sobral, da Universidade Nova de Lisboa.

No dia 6 de junho será, por fim, apresentado o Guia de Boas Práticas Ambientais – Resíduos Sólidos, desenvolvido pelo Departamento de Ambiente da Câmara Municipal do Funchal, e que tem como principal objetivo difundir o modelo de gestão de resíduos que é aplicado no Funchal, explicitar a função de cada cidadão neste sistema e indicar os benefícios associados à correta gestão dos resíduos, nomeadamente no que diz respeito à redução da poluição, à preservação dos recursos naturais e à valorização dos resíduos.