Munícipe com graves carências habitacionais recebe chave de casa

CMF Madalena Nunes habitação socialUma munícipe com carências habitacionais graves recebeu hoje, das mãos da vereadora da Câmara Municipal do Funchal, Madalena Nunes, que tem o pelouro da Habitação Social na Autarquia, a chave de uma moradia T1.

A autarca registou, na ocasião, “o trabalho que tem vindo a ser desenvolvido pelo atual Executivo neste campo. A recuperação e atribuição de moradias tem sido uma ferramenta importante em prol do bem-estar e da qualidade de vida dos nossos munícipes mais carenciados e continuaremos a valorizar a habitação como um direito fundamental dos nossos cidadãos. Estas são oportunidades que encaramos com enorme responsabilidade.”

O atual Executivo criou, pela primeira vez na História da Autarquia, um regulamento que veio definir os critérios para a atribuição de habitação social no Município e, desde 2013, já foram atribuídas cerca de 70 novas moradias a famílias do concelho. Consoante as vagas que vão surgindo no parque habitacional existente, os critérios para atribuição variam desde a degradação da respetiva habitação, até à condição socioeconómica dos munícipes, com peso para casos de doença crónica desabilitante, idade avançada ou violência doméstica, entre outros.