MPT pede mais atenção da CMF para as alterações no trânsito

O MPT veio hoje pedir à CMF medidas concretas para diminuir os constrangimentos na circulação automóvel, que, alerta o partido, vêm acontecendo um pouco por toda a cidade, quer pelo encerramento de ruas, quer pelas mudanças de sentido de outras.

“Damos como exemplo, a Rua do Carmo que ao ficar com um sentido inverso ao anterior, coloca os estacionamentos destinados a motociclos numa situação complicada, se estes estacionam de frente ficam em contra mão e se estacionam de marcha atrás, mandam os gases provenientes dos escapes para dentro dos estabelecimentos ali existentes, o que não é nada benéfico tanto para o negócio, quer para os clientes. Daí o MPT pedir à CMF que tome medidas que reponham a normalidade, naquele local de modo a não prejudicar os comerciantes nem os seus clientes”, refere uma nota de imprensa.