Teatro Baltazar Dias exibe hoje documentário sobre gibraltinos na Madeira na 2ª Guerra Mundial

O Presidente da Câmara Municipal do Funchal, Paulo Cafôfo, recebeu ontem à tarde, nos Paços do Concelho do Funchal, Louis Pereira, o mais veterano dos gibraltinos que se refugiaram no Funchal durante a Segunda Guerra Mundial, atualmente com 92 anos.

A Vereadora Madalena Nunes e o Vereador Bruno Martins participaram, igualmente, neste encontro informal, que incluiu uma troca de lembranças e uma conversa marcada essencialmente pela amizade e pela camaradagem de uma relação de várias décadas entre o Funchal e Gibraltar, dando seguimento à tradição que tem feito com que, desde há muito tempo a esta parte, Louis Pereira visite anualmente ao Funchal.

Desta feita, a visita prende-se igualmente com a exibição, no Funchal, do documentário “Exílio Atlântico”, da autoria de Pedro Mesquita, e que foi apoiado pela Câmara Municipal do Funchal.

A exibição terá lugar esta sexta-feira, dia 3 de maio, no Teatro Municipal Baltazar Dias, pelas 19h, com entradas livres.

O documentário recorda os cerca de 2000 gibraltinos, na sua maioria mulheres e crianças, que foram evacuados para o Funchal durante a 2ª Guerra Mundial, ficando instalados em hotéis, pensões e casas particulares até ao fim do conflito, sendo que muitos deles criaram raízes na Madeira, contribuindo para que a respetiva comunidade tenha, até hoje, uma estreita relação com a cidade.

Louis Pereira será o convidado de honra da sessão.