Quatro dezenas de portugueses desaparecidos na Beira, 446 mortos, 3 milhões de pessoas afetadas

Três milhões de pessoas afetadas, um milhão corresponde a crianças, risco de epidemias aumenta, 446 mortos, cerca de 40 portugueses estão incontactáveis. Estes são alguns dos números que acabam de ser divulgados pela TVI24, através do seu enviaddo especial, acerca da tragédia que atingiu Moçambique, particularmente a zona da Beira, largamente destruída pela passagem do ciclone Idai.

Hoje foi reaberta a estrada que liga a Beira ao Zimbabué, permitindo o acesso de ajuda, mas o drama pode vir a ser bem maior do que tem sido avançado até ao momento.

De referir que, também hoje, deverão chegar a Portugal sete portugueses que pediram o repatriamento, sendo que ainda hoje segue para Moçambique um avião com ajuda alimentar e medicamentos, para apoio junto das populações atingidas.