MPT acusa Cafôfo de inaugurar apartamentos sem licença de habitabilidade

 

O MPT acusou hoje o edil funchalense, Paulo Cafôfo, de “usar a CMF como trampolim para o poder”, nomeadamente a presidência do Governo Regional em 2019, procurando “protagonismo” com “inaugurações com pompa e circunstância, com objectivos eleitoralistas, como foi possível verificar no caso dos Apartamentos “Madalenas Palace”, noº 100 da Avenida das Madalenas, destinado a cerca de 70 famílias”.

Apontando o dedo a Cafôfo por usar a receita “jardinista”, o MPT acusa ainda o presidente da Câmara do Funchal e candidato pelo PS-M de “inaugurar obras, sem que os processos estejam totalmente concluídos”, nomeadamente a licença de habitabilidade.