Avelino Conceição pede desculpa ao PS por ato que aceita como de “condenação moral” e que foi divulgado no Youtube, caso entregue à PJ

deputado avelino
Avelino Conceição entregou o caso à Judiciária.

O deputado socialista Avelino Conceição, exposto publicamente pela divulgação de um vídeo embaraçoso, emitiu um comunicado onde refere que “face às notícias divulgadas sobre um ato por mim praticado há cerca de quatro anos, apresento publicamente, e em particular ao Partido Socialista, as minhas desculpas. Apesar deste lamentável episódio, importa salientar que sempre exerci as minhas atividades públicas com o máximo de profissionalismo e seriedade. Aceito sem reservas que este assunto motive uma condenação moral, mas o seu aproveitamento e exposição pública constituem uma violação do direito de privacidade, sendo que já apresentei queixa na Polícia Judiciária”.

Recorde-se que esta posição do parlamentar socialista, que é também vice do PS-Madeira e membro das comissões regional e nacional do partido, já gerou uma onda de críticas, entre elas a mais contundente, a do histórico André Escórcio, que pediu o afastamento do deputado dos cargos que exerce no partido e procedeu mesmo à entrega do cartão de militante socialista, pedindo a anulação enquanto o líder do PS-M não tomar uma posição.