Mulheres socialistas analisaram situação de violência na Região

Ontem, data em que se assinala o Dia Internacional pela Eliminação da Violência contra as Mulheres e Meninas, o Departamento das Mulheres Socialistas da Madeira (DRMS) reuniu a sua Comissão Política para analisar a situação da Região, no que diz respeito aos tipos de violência a que são sujeitas as meninas e mulheres da RAM.

“Os dados que têm sido veiculados pela comunicação social, que continuam a nos catalogar como a pior região do país em termos de violência nas relações de intimidade, traçam um panorama  ao qual não podemos ficar indiferentes  enquanto sociedade e que exige um efectivo e eficaz combate a todos os tipos de violência exercida sobre as meninas e mulheres”, salientaram as mulheres socialistas.

O Departamento reflectiu sobre a necessidade de se repensar a educação e a importância da desconstrução de estereótipos e papéis sociais que se constituem como os principais entraves para uma cultura de respeito mútuo, que não conviva bem com qualquer tipo de violência perpetrada em função do sexo.

A Comissão Política do DRMS considera que a escola é por excelência um espaço que poderá dar um valioso contributo para mudanças efectivas nos comportamentos e com isso realizar a sua missão de formar cidadãs/ãos intolerantes a qualquer tipo de violência.