Marcelo no Porto Santo inaugura escultura do Infante D. Henrique, tem encontro com agricultures e assiste ao fogo-de-artifício

Porto Santo Paisagem
O Porto Santo comemora amanhã, 1 de novembro, os 600 anos da Descoberta. Com Marcelo Rebelo de Sousa a assistir.

Esta quinta-feira, 1 de novembro, no Porto Santo, centraliza-se a atenção para o tempo das Descobertas, são os 600 anos do início da ilha dourada, comemoração que será feita, em simultâneo com a descoberta da Madeira, sendo que se trata de um momento marcante acompanhado pelo Presidente da República, o Representante da República e as principais entidades da Região, além das forças vivas locais.

O programa já está definido, incluindo uma missa pelas 10.30 horas, presidida pelo Bispo do Funchal, a inauguração da escultura do Infante D. Henrique, na Alameda com o mesmo nome, pelas 11.30 horas  com a presença de uma força militar, seguindo-se o almoço para 1200 pessoas na referida Alameda.

Pela tarde, às 15 horas, haverá a inauguração da exposição “O Porto Santo do Séc XX”, no olhar do padre Eduardo Pereira, havendo meia hora mais tarde uma visita à Casa Colombo. Pelas 16 horas, acontece um encontro de Marcelo com os agricultores, no Campo Experimental do Farrobo. Pelas 16.45 horas, o Presidente da República visita o Lar e Centro de Dia Nossa Senhora da Piedade, assistindo depois a um concerto da Banda Municipal do Funchal “Os Artistas”. Pelas 19.15, haverá fogo de artifício.