Trump promete investigação “custe o que custar” sobre pacotes com explosivos enviados a figuras públicas dos EUA

trump
Trump não vai olhar a recursos para investigar as ameaças.

Os Estados Unidos estão em polvorosa com a onda de explosivos enviados a figuras públicas e alarmes que soaram na Casa Branca e na CNN. Ninguém arrisca endereçar responsabilidades, mas o presidente dos EUA Donald Trump já veio a público afirmar que a investigação vai até ao fim “gaste o que gastar”, custe o que custar.

“A segurança dos norte-americanos é a minha prioridade”, disse Trump para tranquilizar a população e deixar bem claro que haverá uma reação ao sucedido.

Recorde-se que foram enviados pacotes com explosivosmagnata George Soros, o ex-presidente Barack Obama, o casal Clinton, a redacção da CNN no Time Warner Center, o Governador de Nova Iorque e o ex-procurador geral dos EUA, Eric Holde.