Governo atribui utilidade turística definitiva ao hotel dos bancários explorado pelo Grupo Pestana no Porto Santo

Um despacho da secretária regional do turismo, Paula Cabaço, ontem publicado, atribui a utilidade turística, a título definitivo, ao empreendimento turístico classificado como hotel-apartamentos, com a categoria de 4 estrelas denominado “Pestana Ilha Dourada Hotel & Villas”, no Porto Santo, propriedade do Sindicato Nacional dos Quadros Técnicos Bancários.

O hotel, apesar de pertencer ao Sindicato, é explorado pela empresa do Grupo Pestana, ITI–Sociedade de Investimentos Turísticos na Ilha da Madeira, S.A..

O empreendimento com a tipologia Hotel-Apartamentos, tem a categoria de 4 estrelas e a capacidade total de 49 unidades de alojamento, 98 camas.

Refira-se que as empresas proprietárias e ou exploradoras dos empreendimentos, aos quais tenha sido atribuída a utilidade turística, podem gozar, relativamente à propriedade e exploração dos mesmos, de certos benefícios fiscais e isenções de taxas.

A validade da utilidade turística é de 7 (sete) anos.