Formação em socorrismo para a Polícia Florestal

guarda florestalUma nota da secretaria regional da Saúde refere que “até ao final do ano de 2018, pretende promover, através do Serviço Regional de Proteção Civil, IP-RAM, ações de formação específicas em Socorrismo, destinada ao Corpo de Policia Florestal e Vigilantes da Natureza, num total de 112 elementos.

No dia 17 de outubro, decorreu já a primeira ação formativa de um conjunto de sete iniciativas programadas até 30 de dezembro. Só neste dia participaram 18 elementos da polícia florestal, no Centro de Formação de Proteção Civil e Bombeiros do Serviço Regional de Proteção Civil, IP-RAM.

Em colaboração com a Secretaria Regional do Ambiente e dos Recursos Naturais, estes cursos foram preparados especificamente para estes grupos profissionais com vista a responder às suas necessidades na área da prestação do socorro.

A mesma nota aponta que “o Corpo de Policia Florestal e o Corpo de Vigilantes da Natureza são, em algumas situações, os primeiros elementos que contactam com as vítimas de acidentes nas serras da Madeira”, sublinhando que “através deste curso de Socorrismo, estes profissionais irão receber noções básicas de primeiros socorros e de suporte básico de vida”.