Madeira é a única região do País a cumprir com os enfermeiros, diz Sara Madruga depois de reunir com Sindicatos

SaraMadruga enfermeiros_08-10-18_2A Madeira é a única Região do País que vai realizar os compromissos que assumiu com os enfermeiros. Esta afirmação é da deputada do PSD-M na Assembleia da República, Sara Madruga, depois de ter reunido com dois sindicatos.

A parlamentar social democrata enumerou dados que, em sua opinião, justificam esta declaração de otimismo: “O Governo Regional já repôs os 25 dias de férias, já implementou na Madeira as 35 horas semanais, já assumiu o compromisso de pagamento do suplemento aos enfermeiros especialistas. E assumiu o compromisso de contratar mais 400 enfermeiros”.

Em contraponto, Sara Madruga da Costa fala com “preocupação” acerca do “incumprimento” do Governo da República para com os enfermeiros e outros profissionais, criticando o constante adiar da resolução dos problemas.

“Depois de ter mentido e enganado os professores, António Costa e o governo da geringonça, voltam a fazê-lo agora com os enfermeiros”, acusou a deputada, lamentando que a uma semana da apresentação do próximo Orçamento de Estado (OE), o ministro da Saúde tenha voltado a cancelar a reunião que estava prevista com o Sindicato [dos Enfermeiros].

Sara Madruga da Costa recordou que em 2017 o Governo da República assumiu vários compromissos com os enfermeiros, nomeadamente, a revisão das carreiras, a retificação das tabelas salariais, e o descongelamento das carreiras.

“Estas promessas deveriam ter entrado em vigor em 2018, mas aquilo a que assistimos é um adiar destes problemas”, e à “desconvocação de reuniões.”

Felizmente na Região, frisou Sara Madruga, a situação é completamente diferente daquela que se vive a nível nacional. “O Governo da Madeira cumpre e dialoga com os enfermeiros e tem cumprido com os compromissos. O Governo Central não cumpre nem dialoga.”