CDU defende política “ao serviço do povo e dos trabalhadores”

A CDU realizou hoje uma acção política no centro do Funchal, no âmbito da campanha regional “É necessário um Novo Rumo ao serviço do Povo e dos Trabalhadores”. Na apresentação das conclusões, o dirigente comunista, Ricardo Lume, sublinhou que a actual situação económica e social da Região mostra que é necessário um novo rumo, uma política alternativa, ao serviço do povo e dos trabalhadores.

“Os 42 anos de governação com maiorias absolutas do PSD colocaram a Autonomia apenas ao serviço de alguns”, acusou. “Em alguns casos foi possível substituir exploradores do continente por exploradores regionais, mas que exploram de forma escrava os trabalhadores madeirenses e portossantenses”.

Para a CDU, criaram-se “verdadeiros impérios no sector da hotelaria (que já extravasam fronteiras), à custa da exploração dos trabalhadores do sector e do trabalho precário. Foi possível garantir que o maior armador a nível nacional seja madeirense, à custa dos preços astronómicos praticados nas operações portuárias e transportes de mercadorias para a nossa Região. Para garantir a terra do leite e do mel para os exploradores, continuamos a ter das maiores taxas de desemprego do País”, acusou.

“Apesar de, segundo o Governo Regional, estarmos a crescer economicamente há mais de 60 meses consecutivos, esse crescimento não se reflete em aumentos salariais para os trabalhadores”, lamentou.