Filipe Sousa foi a Gaula reforçar projeto social e de aposta na Educação para Santa Cruz

Gaula B
Dia de Gaula com a presença do Governo, através do secretário regional da Agricultura.

Élvio Sousa, o presidente da Junta, e Filipe Sousa, o presidente da Câmara Municipal de Santa Cruz, estiveram hoje em Gaula, na sessão solene do dia da freguesia, onde alinharam pelo mesmo diapasão vincando aquele que é “o espírito do seu povo e que define também toda a população de Santa Cruz”.

O Presidente da Junta de Freguesia de Gaula disse mesmo que a natureza deste povo e dos seus representantes é “serem donos do seu nariz e não caírem na tentação de se deixarem comprar”. Élvio Sousa entende que o pior que pode acontecer a um político é deixar-se comprar e passar a servir minorias em vez de defender a maioria que o elegeu. Aliás, lembrou que existem dois tipos de políticos: os que usam o dinheiro do povo para se servir e servir os interesses que lhes estão próximos, e os que usam o dinheiro do povo para o bem comum. “Está na sabedoria do povo saber discernir o bom do mau”, vincou.

Já o Presidente da Câmara de Santa Cruz recordou o quanto foi conquistado nos anos de mandato da equipa JPP, “à qual muitos não davam mais do que três meses”. Situou em 2017 o ano em que “todas as dificuldades foram ultrapassadas e em que a autarquia conseguiu dar sinal de qual é o seu projeto para o concelho”.

Um projeto que Filipe Sousa garante que será sempre social e de aposta na educação. Lembrou que os que defendem o contrário não conhecem quais as dificuldades e anseios da população de Santa Cruz e querem apenas estar sentados num café do Funchal a comandar os autarcas eleitos e a criticar as políticas sociais.