PSD denuncia falta de condições de segurança na promenade da Praia Formosa

Os autarcas do PSD do Funchal lamentaram hoje que o passadiço da promenade da Praia Formosa “continue a não reunir condições de segurança” para as pessoas que diariamente ali circulam e já em pleno Verão. “Houve um investimento que a Câmara disse ter feito à volta de 80 mil euros, mas aquilo que nós encontrámos hoje foi novamente uma promenade que não tem qualquer condição de segurança para quem cá vem usar a praia, mas também para quem cá vem fazer a prática desportiva”, afirmou Rubina Leal.

Para a vereadora social-democrata, esta é uma realidade que só vem demonstrar que esta Câmara “que não se preocupa com a cidade, que não tem zelo na requalificação que tanto apregoa”, estando “visível” aos olhos de todos aqueles que ali circulam e que “podem constatar que, de facto, não há investimento sério, não há uma preocupação séria sobre as coisas básicas básicas do nosso município”.

Nesse sentido, Rubina Leal questionou “onde está a cidade com rumo que é muitas vezes falada pelo sr. presidente de Câmara?”

De acordo com a vereadora do PSD, “aquilo que temos é um Funchal que navega à vista”, onde não há uma aposta na cidade e onde é constante a “falta de zelo e aprumo por aquilo que são as condições básicas”.