Câmara do Porto Santo recolheu fotos antigas da ilha junto da população

No âmbito das comemorações dos 600 anos do descobrimento do Porto Santo e com o intuito de preservar e salvaguardar o Património Cultural portosantense, o Município procedeu a uma recolha de fotografias antigas junto da população, informa um comunicado.

A fotografia é um eficaz instrumento para o campo da preservação cultural, devido às suas características de fornecer registos, de servir como fonte histórica e como documento visual, e de ser ela própria um bem cultural imbuído de memória, identidade, e valores individuais e colectivos, refere-se.

“Memórias de um povo” foi uma exposição que retratou o modus vivendi dos porto-santenses do século XX, na qual foram apresentadas 50 fotografias.

Dessa recolha. o Município seleccionou 16 fotografias que integram a colecção de postais, também ela intitulada “Memórias de um povo”que ilustra um conjunto de memórias e de experiências vividas noutros tempos, por outras gerações.